Reiki e Relacionamentos

Tempo de leitura: 3 minutos

Relacionamento – Como Aplicar os Princípios do Reiki nas nossas Relações

Relacionamento

Reiki é para nós, para os outros e até para os animais mas, Reiki pode ser também para a relação, para o casal, para a amizade. O Reiki é, em primeiro lugar, para nós. A prática dos cinco princípios deve ser, primeiro, feita por nós. Tudo começa em nós e só estando equilibrados é que chegamos ao outro para construirmos um bom relacionamento. Não é de um dia para o outro, é ao longo do tempo que, com uma prática regular, nos leva às mudanças necessárias.

Já pensou em utilizar os Princípios do Reiki na busca de um Relacionamento mais saudável?

Olha só:

Só por hoje, não sinto raiva. Quando praticamos o autoconhecimento e os cinco princípios de Reiki, encontramos tempo e espaço para percebermos o que é essencial, o que deve ser feito e o que é apenas uma distração, mesmo diante de uma rotina intensa. Acalmar-se, ser calmo, encontrar a serenidade no centro dos desafios, ajuda a fortalecer uma relação em assertividade e respeito mútuo.

Só por hoje, confio. A confiança é um livro que se vai escrevendo ao longo da vida. A confiança, o respeito por nós mesmos e pelos outros é um dos principais pilares de qualquer relação. Confiar e ser confiável.

Só por hoje, sou grato. A gratidão pelo relacionamento, por partilhar a vida com alguém, e expressar isso com palavras e nas pequenas coisas do dia-a-dia, faz crescer uma conexão cada vez maior e mais sólida uns com os outros. A gratidão é um dos maiores princípios para termos Felicidade. É importante não apenas sermos gratos pelas coisas boas mas também pelos desafios que surgem. Estes desafios nos levam a sermos melhores, a modificarmos comportamentos, usufruindo cada vez mais do nosso dia-a-dia.

Só por hoje, trabalho honestamente. A honestidade não é aplicada somente ao trabalho que realizamos em nosso emprego ou profissão. Esta honestidade no trabalho, também se refere ao trabalho interior, aquele que deve ser feito para a construção de um Eu mais assertivo, mais humano e consciente. Saber como somos, em relação a nós mesmos e em relação ao outro, nos leva a viver de uma forma mais leal. A honestidade nos ajuda a caminhar solidamente de mãos dadas, não só com o outro, dentro do nosso relacionamento, mas também com a humanidade.

Só por hoje, sou gentil e amoroso com todos os seres vivos. Para estar bem com o outro, tenho que estar bem comigo. Se não consigo ser bondoso comigo mesmo, se não consigo cuidar de mim, como consigo amar o outro de forma equilibrada? Tudo começa dentro de nós mesmos, sendo bondosos, escutando-nos, cumprindo com o que necessitamos. Assim, teremos um coração aberto e predisposto, preenchido de verdadeiro amor incondicional, que nos permite estar, criar e manter uma relação. Este é um princípio de paz interior, com reflexos para o outro, para o mundo.

O Reiki não é uma fórmula milagrosa, não é a solução de todos os problemas, mas a sua prática nos permite crescer equilibrados e capazes de oferecer amor incondicional, sem esperar nada em troca. O Reiki no relacionamento permite uma construção aberta, consciente e honesta do caminho que cada um trilha em conjunto com o outro.

Os comentários foram encerrados, mas trackbacks e pingbacks estão abertos.